Retinopatia diabética


Retinopatia diabética – Um risco silencioso aos olhos de quem tem diabetes e que pode levar à cegueira


O diabetes é hoje a maior causa de cegueira na população adulta. Isso porque o diabetes não controlado pode levar a complicações em diversos órgãos, inclusive nos olhos. Estima-se que o Brasil tenha hoje 12 milhões de diabéticos tipo 1 e tipo 21. Destes, 90% dos pacientes tipo 1 e 60% dos pacientes tipo 2 devem desenvolver uma retinopatia diabética ao longo da vida2, que prejudicará sua visão e, se não for tratada, pode causar a cegueira.


Cerca de 40% das pessoas com diabetes podem ter retinopatia diabética | Fonte: Correio Brasiliense | 20/04/2013
Edema Macula: principal causa de perda de visão em quem tem retinopatia diabética | Fonte: Jeito de Viver - Edição 01 de 2013


A retinopatia diabética, ao contrário do que se imagina, não é uma doença ligada à idade. Adolescentes e jovens adultos também podem desenvolver retinopatia diabética, caso não tenham um bom controle de seu diabetes. A retinopatia diabética acomete a visão devido ao excesso de glicose nos vasos dos olho, que causam danos à retina.



O que é a retinopatia diabética


A retina é a camada em que estão alojadas as células que recebem luz e enviam a imagem ao cérebro. Com o excesso prolongado de açúcar no sangue , as células se deterioram se tornando mais permeáveis, possibilitando a formação do edema. Além disso, pode ocorrer o acúmulo de material na parede dos vasos levando a um bloqueio do fluxo de sangue naquele vaso. Essas lesões podem ocasionar vazamento de fluido ou de sangue, e levar à distorção das imagens captadas pela retina. Esse fenômeno é chamado de retinopatia diabética.



  1. Artigo "São 12 milhões de diabéticos no Brasil". Sociedade Brasileira de Diabetes – 18/04/2012. Disponível em: http://www.diabetes.org.br/sala-de-noticias/2116-sao-12-milhoes-de-diabeticos-no-brasil.
  2. Diretrizes da Sociedade Brasileiras de Diabetes 2012/2013.